_das enfim sinceridades __e dos varios sentidos

e quando vi Me identifiquei pela intensidade
/admito : não ter prestado atenção em Suas palavras

e mais tarde o terreno me prendeu num pequeno tamanho carinhoso. e se não tivesse ido atrás de Te ouvir seria só

não existiria a culpa a vergonha
: esses arrependimentos de idealizações :
possiveis variações de véus

e naquele momento, cara…
não podia ter me vendado.
coisas em mim
urgentes
urravam
e eu não consegui ouvir.

mas não Te culpo, óbvio, não entenda errado. não acredito que tenha entendido dessa maneira tambem
, mas são os tempos das coisas.

esse aborto veio porque uma outra vida, da mesma urgência, precisava surgir ali e muitas vezes a vida vem da morte.
na verdade sempre, né? e vice versa.

saiba : te odiei intensamente por ser exatamente aquilo que uma vez eu quis ser e não podia por não ser OutrO
_de novo, questão minha_

e ai agora me perdoo porque percebo que _essa OutrA que sou
é cada vez mais Eu_

E eu estava ansiosa pra Me conhecer.|recehnoc em arp asoisna avaste uE E

No fim das contas, terrena….
por neste momento Ter escolhido estar aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s